Moises Goncalves, Advogado

Moises Goncalves

Bebedouro (SP)
7seguidores26seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Procurador Jurídico Municipal

Comentários

(6)
Moises Goncalves, Advogado
Moises Goncalves
Comentário · há 4 meses
Passei por muitos dissabores quando comecei a advogar. Foram-se quase 7 anos de tentativas... até aceitar trabalhar como advogado associado num destes escritórios monstruosos ganhando uns centavos que tenho vergonha de chamar de salário. Após um ano, voltei a advogar por conta própria. Novamente, me estrepei. Parei e fui ganhar a vida desenhando caricaturas e materiais publicitários. Só voltei a advogar quando assumi um cargo de Procurador municipal.

Não "sirvo" para a advocacia solitária. Gosto de estudar. Pretendo a área acadêmica, que vou buscar no ano vindouro. Mas advogar por conta própria nunca mais. Tenho muitos amigos advogados, porém, que "se deram bem". Geralmente, fazendo associação com advogados mais experientes, em que se partilham dos honorários. A advocacia consultiva também ajuda, pois é muito mais rápida - mas precisa de um certo renome, pois ninguém paga por consulta de advogado novo. Elaboração de pareceres jurídicos é algo que me interessa bastante também.

Não recomendo utilizar Facebook para fazer propaganda, pois há muitos algoritmos que restringem demais o alcance das postagens. Instagram também não funciona. Nunca me serviram; nem para advocacia, nem a publicidade.

Enfim, não tenho nenhuma dica de como advogar por conta própria e ter receita suficiente para se pagar e guardar dinheiro. Acho que, primeiramente, é preciso gostar muito - muito mesmo - de advogar, pois os primeiros anos serão tensos. Tem de saber "se vender", também. Timidez, neste caso, só atrapalha. Advocacia privada é quase uma empresa, uma prestação de serviços - só que, no nosso caso, estamos proibidos, pelo Código de Ética, de fazer propaganda pelos meios usuais de mercado.

Só o que tenho a desejar é boa sorte a quem estiver começando. Tem gente que vai fazer tudo "certinho" e se dar mal do mesmo jeito; e gente que vai ganhar muito dinheiro com a advocacia solitária. Tem uma hora, porém, que o ideal será largar tudo e tentar outra coisa. Não é demérito nenhum aceitar que advocacia "não é pra você". Quando todas as tentativas falham, pode ser o momento de se permitir explorar alguma outra área e buscar outra profissão.

Recomendações

(5)
Rodrigo Chelim Fernandes, Advogado
Rodrigo Chelim Fernandes
Comentário · há 4 meses
Obrigado pelo comentário Moisés, sem dúvida o melhor comentário postado aqui. Tem muita gente que fica propagando a ilusão de que basta ter vontade para advogar e ganhar rios de dinheiro. Pregam inclusive que o advogado que não deu certo é porque não teve determinação ou não usou a tatica necessária ou falando o português claro é incompetente. A verdade é que a grande maioria dos advogados iniciantes não possuem um monte de contatos para formarem desde já uma carteira de clientes, tampouco dinheiro para abrir uma sala e tocar o negócio. O destino da grande maioria dos advogados iniciantes é ser associado ou p.j. em escritório dos outros sendo explorado. Basta ver os anúncios de vagas para advogados disponíveis no mercado. Cada vez mais aumentam as exigências para contratar advogado: experiência de pelo menos dois anos, especialização, inglês e outras, por outro lado a remuneração oferecida é cada vez menor. Dessa maneira, muitos preferem partir para concurso público ou mudar totalmente de área. No meu caso advogo há pouco mais de quatro anos e ainda não recebo nem a metade da remuneração que recebia anteriormente em outra área profissional, na qual tinha cargo de chefia em uma multinacional. Particularmente isso não me desanima, pois sempre desejei advogar e quando consegui a OAB eu não pensei duas vezes em mudar de profissão. Mas, não advogo apenas por amor, pois o corpo também precisa do pão e acredito que ainda vou receber uma remuneração até maior que a da antiga profissão e não demora muito, pois continuo estudando e cada vez mais experiente na advocacia, mas já me ficou claro que a realidade de muitos dos advogados não é o conto de fadas que muitos pensam.

Perfis que segue

(26)
Carregando

Seguidores

(7)
Carregando

Tópicos de interesse

(15)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Bebedouro (SP)

Carregando

Moises Goncalves

Entrar em contato